Preso jovem que confessa ter torturado e assassinado idoso de 81 anos para roubar

Compartilhe em sua rede social: A polícia investiga a participação de pelo menos outras duas pessoas no crime No sábado (13), foi preso um jovem suspeito de roubar e...
Compartilhe em sua rede social:

A polícia investiga a participação de pelo menos outras duas pessoas no crime

Preso jovem que confessa ter torturado e assassinado idoso de 81 anos

No sábado (13), foi preso um jovem suspeito de roubar e matar um idoso de 81 anos em Tangará da Serra (MT).

O crime aconteceu na quinta-feira (11). A Polícia Civil diz que Fernando Fiqueiredo Santana, de 23 anos é o principal suspeito de ter matado José Pereira Netto. O jovem foi preso Polícia Militar próximo a rodoviária, região central da cidade.

“A Polícia Militar juntamente a Polícia Civil, manteve o esforço para tentar localizar os suspeitos de terem cometido esse crime. E então neste domingo (14), com Agência de Inteligência, conseguimos levantar informações que o suspeito estaria nas imediações da rodoviária e o encontramos”, declarou o policial militar, Agnaldo Almeida.

Imagens de câmeras de segurança mostram quando Fernando pula a grade e 50 minutos depois sai disfarçadamente.

“Confessou a participação nesse crime bárbaro, que está sendo tipificado agora, com a prisão em flagrante, como latrocínio, que é o crime mais grave previsto na nossa legislação, com pena de reclusão que varia de 20 a 30 anos. Ele está sendo autuado por este crime. Esse flagrante vai ser encaminhado para apreciação do Judiciário. E juntamente com a representação do delegado pela prisão preventiva, para que não corra o risco deste cidadão ser liberado”, afirmou o delegado Adil Pinheiro.

O suspeito já tem passagens pela polícia por furto e apropriação indébita. A polícia investiga a participação de pelo menos outras duas pessoas no crime. O que chama atenção neste caso é a crueldade com que os bandidos agiram.

Fernando disse à polícia que a intenção era roubar o dinheiro que estaria no cofre, que foi encontrado aberto após crime, e que uma camiseta foi utilizada para amordaçar a vítima, que também foi torturada.

José Pereira, 81 anos e foi morto na noite do dia de seu aniversário. O corpo foi encontrado na manhã seguinte por uma funcionária, no estabelecimento onde ele vivia e vendia ervas medicinais.

Categorias
Polícia
Redação/Ascom

Matérias de autoria independente (instituições e agências de notícias).

Comentários via Facebook

POSTS RELACIONADOS