Moradora com sintomas da Covid não é atendida na UBS do Socorro por falta de médico

Compartilhe em sua rede social: É estarrecedor ouvir o relato da moradora Kerliane, residente no Distrito do Socorro, a cerca do absurdo desamparo que está acontecendo na assistência de...
Moradora com sintomas da Covid não é atendida na UBS do Socorro por falta de médico
Compartilhe em sua rede social:

É estarrecedor ouvir o relato da moradora Kerliane, residente no Distrito do Socorro, a cerca do absurdo desamparo que está acontecendo na assistência de saúde da população do referido Distrito, em especial o que ocorreu com a moradora Maria do Socorro.

Na última segunda-feira (30), a paciente Maria do Socorro com sintomas da Covid-19, foi socorrida por sua vizinha Kerliane, que procurou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Distrito do Socorro, local onde a Secretaria Municipal de Saúde de Santa Filomena chama de “Centro da Covid”. Lá chegando, foram informadas que não tinha médico, mas que teria no dia seguinte. Retornaram no dia seguinte e novamente não tinha médico, sendo necessário procurar a saúde pública de Santa Cruz, onde a paciente foi atendida e diagnosticada com o coronavírus. Segundo funcionários da UBS, o médico não foi atender hoje (1º) por falta de transporte.

O distrito do Socorro é uma localidade distante da Sede e é a mais populosa do município de Santa Filomena. Ao que parece, a antiga avançada unidade de saúde, que chegou a ter plantão médico noturno, na gestão passada do ex e agora prefeito eleito Gildevan Melo (PSD), agora não passa de um posto de saúde sem profissionais, que tanto faz estar aberto quanto fechado, já que não atende às necessidade de saúde da população.

A saúde pública de Santa Filomena, Sertão Araripe, infelizmente corresponde ao slogan da gestão do prefeito Cleomatson (PSB): “diferente”. Algumas UBS’s, a exemplo de Poço Comprido, nunca mais prestaram atendimento com médico, enfermeira e dentista. E depois que o prefeito perdeu a eleição de 15 de novembro, virou um verdadeiro caos. Diante das dificuldades que a população filomenense está sofrendo, resta denunciar na imprensa e ao Ministério Público, na esperança do Prefeito e da Secretaria de Saúde cumprirem com o dever de manter em funcionamento as ações básicas do município.

Kerliane, que prestou socorro a paciente em seu carro, relata a dificuldade que sofreu e sua indignação. Ouça:

https://soundcloud.com/portal-charles-araujo/kerliane-do-distrito-do-socorro-caos-na-pandemia-local

Em duas semanas, Santa Filomena teve 3 (três) óbitos pelo vírus e a Prefeitura continua falando muito e fazendo pouco. Um município onde não tem sequer um respirador mecânico, a situação tende a ficar mais crítica. A Secretaria de Saúde fala em distribuição de kits para higienização das mãos, como se isso fosse suficiente para sanar pandemia no município. A Prefeitura dificilmente presta informações a respeito dos números da Covid no município. Veja a última atualização:

Categorias
DenúnciaDestaqueSaúde
Charles Araújo

Jornalismo e notícias, Charles Araújo Blog e Portal de Notícias do estado de Pernambuco. Blogueiro, estudante de jornalismo, web design e produtor de conteúdo digital.

Comentários via Facebook

POSTS RELACIONADOS