DestaquesEleições

Justiça proíbe divulgação de pesquisa em Afrânio, por Indícios de irregularidades

Justiça proíbe divulgação de pesquisa em Afrânio, por Indícios de irregularidadesJustiça proíbe divulgação de pesquisa em Afrânio, por Indícios de irregularidades
Compartilhe em sua rede social:

O Juiz eleitoral, Dr. Rodrigo Almeida Leal determinou a suspensão da divulgação da pesquisa eleitoral n.º PE-07275/2020 no município de Afrânio no sertão do São Francisco.

A suspensão da divulgação da pesquisa que estava prevista para 28/10/2020 realizada pelo Instituto de Pesquisa Multipla se deu, por “indícios de irregularidades existentes no seu registro bem como irregularidades no questionário utilizado”.

Em sua decisão, o juiz ressaltou que as pesquisas eleitorais tem sua importância pois elas alimentam as campanhas dos candidatos pelo voto útil, estratégico e pode influenciar no resultado de uma eleição sendo assim, suas informações devem ser claras, verdadeiras e confiantes.

O Instituto Multipla pode apresentar recurso contra a decisão.

Charles Araújo
o autorCharles Araújo
Editor
Jornalismo e notícias, Charles Araújo Blog e Portal de Notícias do estado de Pernambuco

Comentários via Facebook