DenúnciaDestaques

Depois de ‘ganhar’ vereador, prefeito dá ocupação fantasma ao irmão e secretaria à irmã

Denúncia!

Espalhe por ai:

De acordo com a prestação de contas da Prefeitura de Santa Filomena ao Tribunal de Contas de Pernambuco,  Antonio Leonardo Leite Macedo recebeu até maio deste ano, o total de R$ 4.645,00. O valor é referente a prestação de serviços de roço de estradas, segundo a Prefeitura. O citado e a secretária de saúde são irmãos do vereador que era oposição, Danúbio Leite Macedo, que no final de 2018 passou a fazer parte da bancada de apoio ao prefeito e em fevereiro deste ano tirou licença na Câmara e passou a secretário de governo da gestão Cleomatson.

Os dois irmãos Leonardo Leite Macedo e Tatiane Leite Macedo passaram a ter cargos e a servir à Prefeitura de Santa Filomena, após o prefeito Cleomatson Vasconcelos (PSB), ‘ganhar o vereador, que era o maior autor de denúncias contra a gestão, quando fazia parte da oposição.

Ao que tudo indica, essa é mais uma manobra do prefeito Cleomatson com suposta ocupação fantasma, favorecendo à parentes de vereador.

A Secretária de Saúde, conhecida por rebater todas as críticas à gestão nas redes sociais, deve dar explicação a sociedade filomenense, quanto a esse absurdo. Pois quem acaba prejudicado com o uso dos recursos públicos sem nenhum benefício, é o povo que trafega por péssimas estradas, não apenas por falta de roço, mas também falta de reforma.

Improbidade:

Perante as leis, esses atos do prefeito Cleomatson configuram improbidade administrativa, diante da nomeação de irmãos de vereador a cargo comissionado. A impessoalidade está na Constituição: prefeito não pode nomear para cargo de confiança irmão de vereador. “O uso dos cargos públicos como uma sinecura, uma barganha política ou alguma forma de paga eleitoreira, ainda que reiterada é subitamente imerecido” (Min. Luís Roberto Barroso).

Ocupação fantasma:

Com a palavra o prefeito Cleomatson e secretário Arnael Rodrigues, responsável pela pasta da agricultura, origem dos recursos que repassou quase cinco mil reais em 04 empenhos no período de apenas dois meses, à Antonio Leonardo, “referente a serviços de roço das estradas vicinais dos distritos de Campo Santo e Socorro”, no período de 23/03 a 30/05 deste ano.

Procuramos a população e fomos informados que na estrada de Campo Santo que dá acesso ao Socorro não houve nenhum roço no período citado ou em outro período deste ano: “Nós não vimos ninguém roçando e desconhecemos o serviço de roço nessa estrada nos últimos anos”, disseram vários moradores.

Licença na Câmara:

O vereador Danúbio está de licença na Câmara ocupando o cargo de secretário municipal de governo. Mas na realidade a população não ver o mesmo prestando qualquer tipo de serviço ao município. Depois de deixar o cargo, coincidentemente ocorreu a pandemia, e segundo informações, ele está morando em um sítio na zona rural, passando o período da pandemia as custas dos recurso públicos, pago pela Câmara a “bagatela” de R$ 6.300,00, certamente adicionado a outras regalias de aliado de prefeito.

Veja abaixo o espelho do Tome Conta:

Veja também
Santa Filomena: Suspeita de desvio de recursos públicos em favor de aliado.

Charles Araújo
o autorCharles Araújo
Editor

Comentários via Facebook