Copergás levará gás natural ao polo gesseiro do Sertão do Araripe

O projeto piloto terá duração de seis meses e irá beneficiar inicialmente 30 empresas gesseiras do polo ...
Copergás

A Copergás, companhia de gás natural de Pernambuco, anunciou na segunda-feira (19) que irá abastecer o polo de produção de gesso do Sertão do Araripe. A iniciativa, que visa beneficiar a região e impulsionar a economia local, terá início em abril com um projeto piloto.

O anúncio foi feito pela governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, em cerimônia realizada no início deste mês no município de Araripina. O investimento inicial será de R$ 6 milhões, e a previsão é que o projeto traga diversos benefícios para a região, como: redução dos custos de produção para as empresas gesseiras, geração de emprego e renda, melhoria da qualidade ambiental.

O projeto piloto terá duração de seis meses e irá beneficiar inicialmente 30 empresas gesseiras do polo.

 “Estimamos que, nesse primeiro momento, ao menos 30 empresas adaptem sua queima energética para o gás natural, representando R$ 20 milhões na economia por ano, apenas nessas empresas”, informou o presidente da Copergás, Felipe Valença

O polo gesseiro do Sertão do Araripe é responsável por 97% de todo o gesso produzido no Brasil e sua matéria-prima, a gipsita, presente nos municípios de Araripina, Bodocó, Exu, Ipubi, Santa Filomena e Trindade, é considerada de alta qualidade devido a sua pureza de minério que varia entre 88% e 98%. Com a substituição da lenha pelo GN a indústria local será mais sustentável ambientalmente, preservando não só a Caatinga, como tendo uma combustão mais limpa.

A previsão é que o polo consuma cerca de 320 mil metros cúbicos de gás natural por dia. Esse número representa 20% do volume hoje distribuído pela Copergás. “Estimamos que, nesse primeiro momento, ao menos 30 empresas adaptem sua queima energética para o gás natural, representando R$ 20 milhões na economia por ano, apenas nessas empresas”, informou o presidente da Copergás, Felipe Valença. As obras estão previstas para iniciar no final desde ano e, a partir do primeiro semestre de 2025, já contará com a base operacional. A Companhia irá recolher cartas de adesão ao novo projeto.

A Copergás ainda planeja construir um terminal de regaseificação no Araripe para viabilizar e atender o projeto. A estrutura é semelhante as instaladas nos municípios de Garanhuns, no Agreste, e em Petrolina, no Sertão do São Francisco.

A iniciativa da Copergás é uma importante iniciativa para o desenvolvimento do Sertão do Araripe. O projeto trará benefícios para as empresas gesseiras, para a população local e para o meio ambiente.

Por Charles Araújo

Categorias
AraripinaBodocóDestaqueNotíciasSanta FIlomenaTrindade

Acadêmico de Jornalismo, comunicador, blogueiro, assessor de Imprensa, trabalha com marketing digital, digital influencer, publicidade, fotografia e divulgações.
Sem Comentários

Publicar comentário

*

*

Pesquisa
Charles Araujo Editor

POSTS RELACIONADOS