Campanha apoia todas as prefeituras do país na priorização da primeira infância nos Planos Plurianuais

"100 dias: Os Primeiros Passos pela Primeira Infância" disponibilizou guias em quatro áreas estratégicas a todos os prefeitos empossados em 1º de janeiro...
Campanha apoia todas as prefeituras do país na priorização da primeira infância nos Planos Plurianuais
Compartilhe em sua rede social:

Os prefeitos eleitos nos 5.570 municípios brasileiros estão sendo convidados a olhar com atenção para a primeira infância. A Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal enviou cartas a cada um dos gestores empossados em 1º de janeiro lembrando que as políticas públicas que atendem as crianças pequenas se materializam nos municípios e que o tempo de um mandato corresponde a mais da metade do período correspondente à primeira infância, que vai do nascimento aos seis anos.

A instituição reforçou seu apoio aos municípios no aprimoramento das políticas públicas relacionadas à primeira infância, disponibilizando de imediato a série ” 100 dias: os primeiros passos pela primeira infância “, conteúdo de quatro guias (Educação, Saúde, Gestão e Orçamento e Parentalidade) e um material complementar exclusivo de orientação para o planejamento do retorno presencial às escolas, com diretrizes objetivas e orientações práticas sobre como formular a gestão para diferentes setores usando as lentes da primeira infância e articulando suas ações com foco nela.

Primeira Infância – Foto: Folha de Boa Vista

A premissa da campanha é que priorizar a primeira infância é fundamental para que todas as crianças tenham pleno desenvolvimento garantido. Como um mandato é mais da metade da primeira infância de uma criança, a instituição ressalta a importância de destaca-la nas principais áreas e, sobretudo, no Plano Plurianual e nas demais leis orçamentárias.

Além dos prefeitos, a Fundação espera mobilizar outros agentes do Executivo, como chefes de gabinetes, secretários (Comunicação, Educação, Saúde, Assistência Social e Planejamento) e equipe dos gestores. O trabalho também é direcionado a representações municipalistas, como a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação em defesa da educação pública com qualidade social (UNDIME), a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e a Associação Brasileira de Municípios (ABM). No Legislativo, espera alcançar presidentes das Câmaras, parlamentares e lideranças; e no Judiciário, os presidentes dos Tribunais.

O início de qualquer gestão é marcado por desafios, mas o atual momento é ainda mais desafiador. A atenção sobre as crianças e as famílias mais vulneráveis deve ser prioridade e a atenção neste momento em que a pandemia ainda não acabou e seus reflexos estão longe do fim”, declara Mariana Luz, CEO da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

Resultado de um trabalho iniciado em 2019, os guias tiveram origem a partir de um minucioso mapeamento dos municípios e das ações de maior impacto voltadas aos cuidados com a primeira infância no Brasil. Sua produção contou com o apoio de especialistas com experiência na gestão pública em diversas áreas e o projeto faz parte da plataforma Primeira Infância Primeiro, que traz dados sobre cobertura de creche, mortalidade infantil, gravidez na adolescência, entre outros dados que totalizam mais de 30 indicadores, de cada um dos 5570 municípios do Brasil.

“Os primeiros 100 dias são estratégicos para o governo. Essa é a fase em que os prefeitos elaboram as bases dos planos de metas, com os objetivos da gestão para os próximos quatro anos, datas e etapas de implementação. É quando os gestores mostram o estilo de administração e tomam definições de rumo que guiarão o mandato”, justifica Mariana Luz. “Nesse sentido, é fundamental que os novos gestores incluam a primeira infância em suas agendas. Investir nisso é uma das melhores maneiras de impulsionar o crescimento econômico, promover sociedades pacíficas e sustentáveis ​​e eliminar a pobreza extrema e a desigualdade”, completa a CEO da Fundação.

Sobre a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal

Desde 2007, a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal trabalha pela causa da Primeira Infância com o objetivo de impactar positivamente o desenvolvimento de crianças em seus primeiros anos de vida. As principais frentes de atuação da Fundação são a promoção da Educação Infantil de qualidade, o fortalecimento dos serviços de parentalidade, a avaliação do desenvolvimento da criança e das políticas públicas de primeira infância e a sensibilização da sociedade sobre o impacto das experiências vividas no começo da vida.

Categorias
Ideias
Redação/Ascom

Matérias de autoria independente (instituições e agências de notícias).

Comentários via Facebook

POSTS RELACIONADOS