DestaquesNotícias

Prefeito Cleomatson recebeu R$ 2.873.661,82 recurso extra dos Royalties, de Janeiro a Março de 2020

CHARLES ARAUJO | BLOG TV
Espalhe por ai:

Consta no Portal da Transparência (Controladoria Geral da União), repasses oriundos do Governo Federal, via transferências Constitucionais e Royalties, favorecidos à administração pública do município de Santa Filomena-PE, referente ao período Janeiro à Março de 2020, que somam R$ 2.873.661,82 (dois milhões, oitocentos e setenta e três mil, seiscentos e sessenta e um reais e oitenta e dois centavos).

Em tempo de crise na saúde pública mundial, devido ao isolamento obrigatório do Corona vírus, o prefeito Cleomatson Vasconcelos (PSB), lamenta nos meios de comunicação que a pandemia está causando crise financeira aos municípios. Mas ao contrário do que ele afirma, Santa Filomena recebeu aproximadamente R$ 3 milhões extras no primeiro trimestre de 2020. E conforme a estimativa de transferências nacionais da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, neste mês não será diferente. Até o dia 30 de Abril, Santa Filomena receberá outra parcela. Esse repasse dos Royalties, adicional de janeiro, fevereiro e março pode ser investido em qualquer demanda da administração pública municipal.

Royalties são tributos pagos ao Governo Federal pelas empresas que exploram petróleo, como forma de compensação por possíveis danos ambientais causados pela extração, que são compartilhados com estados e municípios.

Atualmente, depois de aproximadamente 60 dias de pandemia, o município de Santa Filomena ainda não fez qualquer tipo de investimento excepcional na saúde, como já fizeram outros municípios da região, a exemplo de  Santa Cruz, Dormentes e Ouricuri, que investiram em leitos adequados ao tratamento da Covid-19, aquisição de respiradores, testes rápidos e outros. A gestão do prefeito Cleomatson também não implantou nenhuma ação humanitária de ajuda às famílias carentes e a “ação”  que a gestão chama de monitoramento nas estradas, não passa de uma encenação publicitária, já que, os servidores da Prefeitura que passam parte do dia sentados à margem da PE-625, não disponibilizam qualquer provimento para ofertar aos transeuntes como: máscara, teste rápido, medidor de temperatura , e também não estão parando quem entra e sai no município, como foi constatado por esta redação.

A pergunta que fica é:

Aonde vai parar tanto dinheiro?

Espalhe por ai:

Facebook Comments

CHARLES ARAUJO | BLOG TV
Charles Araújo
o autorCharles Araújo
Editor

Deixe uma resposta