DenúnciaDestaques

População isolada na zona rural por descaso da Gestão de Santa Filomena

Carro atolado no Riacho CaiporaFotos: Gutherys Araújo
CHARLES ARAUJO | BLOG TV
Espalhe por ai:

Esta redação vivenciou hoje (30), uma experiência revoltante, pela falta de cuidados do prefeito de Santa Filomena, com as estradas que dão acesso aos agricultores do distrito de Campo Santo.

A estrada que liga o sítio São Gonçalo ao distrito de Campo Santo está sem nenhuma condição de tráfego por carros e dificilmente por motos, devido ao impedimento em uma passagem no riacho Caipora (sítio Granja), por falta de cuidados da Prefeitura de Santa Filomena com a estrada, já que nos últimos anos não foi realizado um enchimento com pedras no buraco que fica no riacho, bem no meio da estrada, e por isso ano a ano o ‘atoleiro’ vem aumentando até chegar ao ponto de interromper a estrada, como ocorreu hoje, uma caminhoneta S-10 atolou e teve que ser arrastada à cordas por um mutirão de pessoas, com ajuda de outros carros.

Os agricultores de toda a localidade estão isolados por causa desse descaso do Prefeito e de seus representantes (se é que isso existe). Todas as famílias sob o risco de ‘morrer a Míngua’, já que dependem do transporte de carro para realizar saques de seus rendimentos financeiros e comprar suas feiras na cidade; bem como quando ocorre a necessidade de ir ao médico por simples doença ou uma ocorrência mais grave ou ainda para a normal correria do dia-a-dia das pessoas.

“Eu vi uma caminhoneta da Prefeitura com o diretor de máquinas pesadas, passar nesse mesmo riacho esta semana, com muita dificuldade, cobrindo o teto do carro de lama. Mas pelo visto ele não sabe que é um dever do município realizar esse tipo de manutenção emergencial nas estradas, mesmo em período de chuvas, como acontecia tempos atrás, como foi com o finado pai do prefeito quando estava na Prefeitura, que designava caçambas e com a ajuda da comunidade tapava os buracos dessa mesma estrada; bem como o ex-prefeito Gildevan, que enviou retroescavadeiras, caçambas e trabalhadores em 2015, para construir um tipo de passagem sobre o riacho, atrás da barragem Paulo Coelho, que até hoje funciona em perfeito estado.
Isso é incompetência do prefeito e das pessoas que deviam lhe representar; mas infelizmente estão mais para baba-ovos, já que não sobram melhorias para as suas comunidades. Talvez porque tenham medo de levar um grito”,
reclamou Charles Araújo.

Espalhe por ai:

Facebook Comments

CHARLES ARAUJO | BLOG TV
Redação/Ascom

Deixe uma resposta