DestaqueNotícias

Wallace questiona, Marcionílio e Geandro argumentam falta de médicos nas UBS

"Não há argumento plausível que justifique falta de médico em Unidades Básicas de Saúde"

@CA-BlogTV

Os vereadores da base aliada do prefeito Cleomatson na Câmara, Marcionílio Benício e Geandro de Geni, na sessão de hoje (26), argumentaram sobre o questionamento do vereador da oposição Wallace Mororó: tentando justificar o que é injustificável, a falta de médico nas Unidades Básicas de Saúde dos distritos de Poço Comprido, Livramento, Campo Santo e da Serra do Inácio, segundo eles, por falta de interesse dos profissionais (médicos) de atender em localidades distantes com estradas de terra. Veja nos vídeos

COMENTÁRIO DA REDAÇÃO

Vale lembrar aos senhores vereadores de situação, que na gestão passada 2013-2016, quando Gildevan Melo era prefeito, mesmo diante das mais extremas dificuldades em tempos ainda mais difíceis que agora, o ex-prefeito deu seu jeito e conseguiu não somente manter os profissionais de saúde nas unidades, mas também ampliar e equipar todas as unidades do município e ainda construiu outras duas (na Serra do Inácio e na Sede).

O segredo é: dobrar o valor dos contratos de trabalho dos médicos; pagar bonificação por fora para causar interesse nos médicos como Gildevan fazia. Não há argumento plausível que justifique falta de médico em Unidades Básicas de Saúde, principalmente quando se trata de localidades distantes de um hospital como é o caso de todas as UBS citadas.

Charles Araujo

Deixe uma resposta