EducaçãoNotícias

Professores de Ouricuri recebem certificados do curso de Língua Portuguesa e Matemática – parceria com o IF Sertão Campus Ouricuri

Na última quarta-feira, 14 de agosto, foi realizada, no Auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados de Ouricuri, uma cerimônia de entrega de certificados para professoras e professores da rede municipal de ensino. Os certificados eram relativos aos Cursos Livres de Extensão oferecidos pelo Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão – Campus Ouricuri) nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática para as/os professoras/es em atuação. Ao todo, 49 professoras e professores da rede municipal participaram dos cursos de formação. Os professores receberam das mãos do Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos e da Primeira Dama Karol Barros os certificados dos referidos cursos.

Os cursos foram oferecidos como parte da Assessoria Educacional do IF Sertão à Secretaria de Educação do município, cujos objetivos principais são: 1) assessorar as escolas na elaboração dos seus Projetos Políticos Pedagógicos; 2) auxiliar as escolas no desenvolvimento de ações capazes de melhorar seus níveis de proficiência no Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (SAEPE). Após a publicação dos resultados da edição de 2018 do SAEPE, as escolas foram agrupadas de acordo com o nível de proficiência em cada uma das disciplinas e etapas avaliadas, a saber: Língua Portuguesa e Matemática para o 5º e 9º anos do Ensino Fundamental. Após este agrupamento, foram organizados cursos com o intuito de aprofundar o conhecimento das professoras e professores do 5º e 9º anos acerca dos conteúdos e das metodologias referentes ao nível subsequente ao atingido pelas escolas na edição de 2018.

O propósito dos cursos, no entanto, não era oferecer, exclusivamente, um treinamento mecânico para aumentar as notas na avaliação estadual. Mais do que isso, o propósito era auxiliar os professores e professoras a compreenderem os mecanismos de funcionamento do sistema de avaliação, a perceberem as formas de utilização dos resultados, bem como a assumirem os resultados da avaliação externa como um indicativo do sucesso das metodologias e da concepção pedagógica adotada pela escola e praticada na sala de aula. Os cursos foram organizados por nível não com o intuito de hierarquizar as escolas, mas para que suas/seus profissionais pudessem perceber que a racionalização das práticas educacionais, assim como a definição clara de objetivos, tende a auxiliar as escolas no cumprimento de sua missão. Em suma, o curso pretendia, através do exemplo, evidenciar que o pensamento prospectivo e a capacidade de planejamento são habilidades fundamentais na educação.

Investir na melhoria e no aperfeiçoamento da carreira dos profissionais é mais uma das novidades da gestão do Prefeito Ricardo Ramos que tem feito total diferença na qualidade do processo ensino/aprendizagem. “Parabéns a todos pelo excelente desempenho e por acreditarem na força transformadora da educação”, disse o Prefeito.

Evidentemente, as avaliações em larga escala e mesmo a formação continuada dos professores não são suficientes para modificarem a realidade educacional do município. Também estão envolvidas questões de ordem socioeconômica, a infraestrutura das escolas, o acesso aos materiais didáticos e livros, a participação efetiva das famílias, a remuneração dos profissionais, as particularidades das populações rurais, dentre outros fatores com variados graus de importância. Os problemas da educação municipal devem ser atacados em muitas frentes. Espera-se que estes cursos cumpram a sua parte.

Charles Araujo

Deixe uma resposta