Política

Deputado fala em ‘possível ligação’ entre PCC e PT ao pedir quebra de sigilo de conversas interceptadas pela Polícia Federal

Denúncia - O Antagonista

Foto reprodução

O deputado José Medeiros (Podemos) também pediu à Procuradoria-Geral da República a quebra de sigilo dos áudios obtidos no âmbito da Operação Cravada, que desbaratou um núcleo financeiro do PCC.

Em uma das conversas interceptadas pela Polícia Federal, um dos membros da facção fala que havia um diálogo “cabuloso” com o PT. Há também ataques verbais a Sergio Moro.

No ofício endereçado a Raquel Dodge (veja a íntegra clicando AQUI), ao qual O Antagonista teve acesso em primeira mão, o deputado diz que as conversas divulgadas até aqui demonstraram uma “possível ligação” entre PCC e PT.

Tais afirmações não podem ser ignoradas, pois sugerem a ligação da maior organização criminosa do nosso país com o partido político que esteve no poder por 15 anos, razão pela qual a divulgação do inteiro teor deste diálogo e das demais provas coletadas na investigação se fazem necessárias para esclarecer a população”, afirma o parlamentar em trecho do documento.

Medeiros acrescenta que os dados obtidos na operação poderão servir como base para a instauração de uma CPI.

Mais cedo, antecipamos aqui que senadores do PSL também pediram à PGR a quebra de sigilo dos áudios interceptados pela PF no âmbito da Operação Cravada.

CA BlogTV
o autorCA BlogTV

Deixe uma resposta