Home Poder Público Alepe Socorro Pimentel cobra medidas na assistência materno-infantil em Pernambuco

Socorro Pimentel cobra medidas na assistência materno-infantil em Pernambuco

1 primeira leitura
0

Nessa segunda-feira (18), durante a Reunião Plenária na Assembleia, a deputada Socorro Pimentel voltou a cobrar ações do Governo do Estado para aumentar o número de leitos de UTI’s neonatais e melhorar a situação das maternidades de Pernambuco

“Maternidades superlotadas são a realidade da atenção materno-infantil em Pernambuco, o que mostra a forma descompromissada como a questão é abordada pelo Governo”, declarou Pimentel. “Para os quase cem mil partos realizados anualmente, temos apenas 119 leitos de Unidade de Terapia Intensiva neonatal. Algumas dessas UTIs chegam a trabalhar com quatro vezes a sua capacidade”, apontou a parlamentar.

De acordo com a deputada, o número de vagas ofertadas pelo Estado é insuficiente até para partos de baixo risco. “A própria Central de Regulação de Leitos não consegue encaminhar satisfatoriamente as gestantes e os bebês devido à falta crônica de vagas nos hospitais e maternidades. Os poucos que conseguem atendimento ficam em leitos improvisados, sem ventilação e arejamento adequados, enquanto há gestantes que passam o trabalho de parto em cadeiras de plástico”, disse.

Ainda no Plenário, Socorro Pimentel propôs a realização de uma Audiência Pública na Casa Legislativa para debater o assunto com as autoridades competentes. “É necessário que medidas efetivas sejam tomadas de maneira ágil para que possamos evitar os absurdos cometidos contra gestantes, mães e bebês na rede estadual de saúde”, finalizou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Alepe

Deixe uma resposta

Veja Também

Bacon, presunto e salsicha causam câncer, alerta OMS

SAÚDE – Carnes processadas como bacon, salsicha e linguiça ganharam um novo rótulo n…