Home Notícias Pernambuco Senador Fernando Bezerra filia-se ao PMDB: “estou pronto para os desafios”

Senador Fernando Bezerra filia-se ao PMDB: “estou pronto para os desafios”

5 primeira leitura
0

Brasília, 06/09/17 – Em uma solenidade bastante prestigiada por autoridades do governo e parlamentares de diferentes legendas, o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE) filiou-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), nesta quarta-feira (6), em Brasília, com o intuito de contribuir com a sigla na retomada do crescimento e do desenvolvimento do país e do estado de Pernambuco. Ao lado de lideranças nacionais do partido, Fernando Bezerra destacou que retorna “a um PMDB unido, coeso e focado nas necessidades e nos interesses do Brasil”.

“Apresento-me como um militante e estou pronto para os desafios”, afirmou o vice-líder do governo no Senado, dirigindo-se ao presidente nacional da legenda, senador Romero Jucá (PMDB-RR), e ao presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE). Também participaram das boas-vindas a Fernando Bezerra no PMDB, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha; e os ministros da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco; de Minas e Energia, Fernando Filho; e das Cidades, Bruno Araújo, além do prefeito de Petrolina (cidade-natal de Bezerra Coelho), Miguel Coelho. Entre os parlamentares, compareceram à cerimônia de filiação, os colegas Armando Monteiro (PTB-PE), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Elmano Férrer (PMDB-PI), Edison Lobão (PMDB-MA), Marta Suplicy (PMDB-SP), Waldemir Moka (PMDB-MS), Hélio José (PMDB-DF) e Valdir Raupp (PMDB-RO), vice-líder do partido no Senado, que representou o líder do PMDB na Casa, Raimundo Lira (PMDB-PB), ausente na cerimônia por motivos de saúde. Deputados de diversas correntes políticas também prestigiaram a solenidade de filiação.

MILITÂNCIA – Ao destacar os 11 anos de militância dele no PMDB (de 1986 a 1997), Fernando Bezerra Coelho ressaltou que o partido foi o que mais trabalhou por inclusão social em toda a história brasileira; principalmente, durante a Constituinte de 1988, quando atuou nas reformas e questões sociais que o país necessitava à época. “Agora, me incorporo a esta luta do governo federal, liderada pelo presidente Michel Temer, de fazer as transformações que o Brasil precisa para a recuperação da confiança da sociedade e, sobretudo, para a retomada da atividade produtiva, dos empregos e do desenvolvimento econômico”, afirmou.

Há 43 anos no PMDB, Eunício Oliveira elogiou a postura “sempre correta e leal” de Fernando Bezerra. E disse que o pernambucano volta a um partido cada vez mais plural, aberto e democrático. “Fernando será sempre independente, no PMDB, para fazer as alianças que forem necessárias e que convenham ao povo brasileiro e ao povo de Pernambuco”, destacou o presidente do Senado. Romero Jucá afirmou que Fernando Bezerra Coelho fortalecerá o partido para as eleições de 2018 e 2022, quando, segundo Jucá, a sigla terá candidato próprio à Presidência da República.

PERNAMBUCO – Ao citar a presença de lideranças como Armando Monteiro (PTB-PE) e Bruno Araújo (PSDB-PE) na cerimônia de filiação, o senador Fernando Bezerra observou que o retorno dele ao PMDB tem também o objetivo de edificar um frente político-partidária em processo de construção em Pernambuco. “Com a participação de todos que quiserem contribuir para o melhor ao nosso estado”, disse. “Por meio do diálogo franco, aberto e transparente com todas as forças políticas pernambucanas que quiserem ajudar o PMDB a ampliar a representação da legenda em governos estaduais, na Câmara dos Deputados e no Senado”, completou o senador. Fernando Bezerra Coelho desfiliou-se do Partido Socialista Brasileiro, nesta terça-feira (5), após 12 anos no PSB. (Ascom)

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Pernambuco

Deixe uma resposta

Veja Também

De olho em 2018, Avante recebe filiação do deputado federal Adalberto Cavalcanti

Em trabalho de fortalecimento para as eleições majoritária e proporcional de 2018, o Avant…