Home Notícias Polícia Operação nacional combate pedofilia e pornografia infantil nos 26 estados e no DF

Operação nacional combate pedofilia e pornografia infantil nos 26 estados e no DF

6 primeira leitura
1

Quarta fase da ‘Luz na Infância’, deflagrada pelo Ministério da Justiça com as polícias civis dos estados, apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet.

G1 – O Ministério da Justiça e as polícias civis do estados deflagraram nesta quinta-feira (28) a 4ª fase da Operação Luz na Infância, que apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet. São investigados crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de pornografia infantil. Até 8h45, 62 pessoas haviam sido presas em todo o país.

Policiais civis saíram às ruas para cumprir 266 mandados de busca e apreensão nos 26 estados e no Distrito Federal. Apesar de não haver mandados de prisão, estão sendo presos em flagrante os suspeitos de armazenamento e compartilhamento de material encontrados nas casas onde há buscas.

A maior parte das prisões ocorre nos estados de São Paulo e Goiás. (veja ao final da reportagem as prisões por estado).

A operação envolve 133 cidades e é coordenada pela Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Mais de 1.500 policiais participaram das buscas.

As penas para os crimes investigados variam entre 1 e 8 anos de prisão. Quem armazena material de pornografia infantil tem pena de 1 a 4 anos de prisão. Para quem compartilha, a pena é de 3 a 6 anos de prisão. A punição aumenta para 4 a 8 anos de prisão para quem produz esse tipo de material.


Representantes de todos estados trabalham na ação no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional em Brasília — Foto: Gabriel Palma/TV Globo

Investigação

Os alvos foram identificados pela equipe do Laboratório de Inteligência Cibernética da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, com base em informações coletadas na internet.

O conteúdo foi repassado às Polícias Civis, para apuração das Delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Repressão a Crimes Informáticos. Após a apuração, as delegacias instauraram inquéritos e solicitaram as buscas à Justiça.

Para a operação, foram analisados 237 mil arquivos, um volume de 710 GB de dados.


PF e polícias civis dos 26 estados e do DF realizam operação contra pornografia infantil

Saiba como foi a operação por estado

Alagoas

Em Alagoas, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Maceió e Rio Largo. Duas pessoas foram presas em flagrante no início da manhã.

Amazonas

No Amazonas, três mandados de busca e apreensão são cumpridos na capital, Manaus. Logo no início desta manhã, um técnico de informática foi preso em sua casa e levado para a delegacia.

Bahia

Na Bahia, a Polícia cumpre 8 mandados de busca e apreensão em Salvador, região metropolitana e interior da Bahia.

Mato Grosso do Sul

Em Mato Grosso do Sul, há seis alvos da operação. Foram expedidos três mandados de busca e apreensão na capital, Campo Grande, dois em Dourados e um em Três Lagoas. Até por volta de 8h20, duas pessoas haviam sido presas em Campo Grande e duas, em Dourados.

Paraíba

Na Paraíba, policiais foram às ruas para cumprir três mandados de buscas e apreensão em Campina Grande. Os mandados estão sendo cumpridos contra um mesmo investigado.

Paraná

No Paraná, são cumpridos nove mandados de busca e apreensão. Os alvos estão em Curitiba, Arapongas, Cambé, Cascavel, Campo Mourão, Foz do Iguaçu, Paranavaí e São José dos Pinhais, de acordo com a Polícia Civil. Seis pessoas foram presas em flagrante até as 8h45.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a Polícia Civil cumpre 12 mandados de busca e apreensão. Os mandados estão sendo cumpridos em várias regiões do estado. Até as 8h, dois homens foram conduzidos para a Cidade da Polícia, na Zona Norte da capital fluminense. Computadores foram apreendidos e serão periciados durante a manhã na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI).

Rio Grande do Norte

No Rio Grande do Norte, os policiais trabalham no cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

São Paulo

Em São Paulo, 87 mandados de busca e apreensão estavam sendo cumpridos nesta manhã. Os presos e os materiais apreendidos serão levados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo.

Santa Catarina

Em Santa Catarina, são cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em quatro cidades. Por volta das 7h40, ainda não havia informações sobre o balanço das ações. Os trabalhos ocorrem em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, e nas cidades de Blumenau, Indaial e Navegantes, no Vale do Itajaí.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Outro demônio da alma: o ódio

Roque de Brito AlvesMembro da Academia Pernambucana de Letras 1 – Ao lado dos outros demôn…