Home Notícias Brasil Bolsonaro: “Sem a reforma, a saúde econômica se encaminhará rapidamente para a UTI”

Bolsonaro: “Sem a reforma, a saúde econômica se encaminhará rapidamente para a UTI”

1 primeira leitura
2

Jair Bolsonaro defendeu enfaticamente a reforma previdenciária.

Melhor ainda: ele o fez em artigo publicado na extrema-imprensa, no Valor, que pertence à Globo.

Leia um trecho:

“Se a reforma não for aprovada agora, haverá uma completa exaustão da capacidade financeira, o que impedirá o governo de resolver as questões vitais da sociedade.

O atual sistema de previdência é o ator principal desta telenovela chamada desequilíbrio fiscal, que custa ao país R$ 800 bilhões ao ano. Se mantidas as regras atuais, estarão em risco não apenas as nossas aposentadorias, mas também a dos nossos filhos e netos. Sem a reforma, a saúde econômica se encaminhará rapidamente para a UTI da crise social, já vivida recentemente por muitos países.

Um estudo preparado pelo Ministério da Economia aponta que, num cenário sem reforma da previdência, o crescimento do PIB em 2019 seria inferior a 1% e o Brasil já entraria em recessão a partir do segundo semestre de 2020, caminhando para perdas comparáveis às ocorridas no período de 2014 a 2016. Com a Nova Previdência, a nossa expectativa é chegar a 3,3% em 2023.

O governo já apresentou a Nova Previdência ao Congresso. Ela é uma proposta inclusiva e ampla, que vai pavimentar a estrada de nosso futuro, pondo fim às injustiças históricas.”

O Antagonista

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Outro demônio da alma: o ódio

Roque de Brito AlvesMembro da Academia Pernambucana de Letras 1 – Ao lado dos outros demôn…