Na falta do Executivo, o vereador Erim de Cícero Henrique (PSD), faz um efetivo trabalho na assistência de saúde ao povo de Santa Filomena, em especial á população dos distritos Socorro, Poço Comprido e na localidade Serra do Inácio. Não é um trabalho eleitoreiro apenas em períodos de eleições. Erim é conhecido no Araripe por arranjar consultas, exames, cirurgias e acompanhar os doentes do município que não dispõem da devida assistência básica de saúde pela gestão municipal do prefeito Cleomatson (PMN).

Talvez seja vergonhoso em tempos de eficiência nos repasses federais aos municípios, para priorizar a saúde básica dos munícipes, Santa Filomena ainda ter que contar com o famoso assistencialismo que pode ser interpretado como favor em troca de voto. Mas no caso do vereador Erim não é. Porque é como diz o ditado: “Quem não tem cachorro, caça com gato”. O vereador de oposição, não tem apoio de prefeito ou prefeitura para ajudar o povo de seu município. Esta redação acompanhou de perto o constante atendimento de saúde ao povo de Santa Filomena, em Ouricuri e Araripina, realizado com esforços do vereador Erim, muitas vezes tirando de seu salário para pagar tratamentos.

“Eu não suporto ver pessoas morrendo doente porque o prefeito não cumpre seu papel. Não é fácil tirar do próprio salário para pagar tratamento para um povo quando esse dever é da Prefeitura. Porque vem dinheiro 3 vezes por mês para o prefeito disponibilizar remédio, consulta, exames, cirurgias ou qualquer necessidade de saúde, mas infelizmente a nossa realidade é outra”, lamentou o vereador Erim.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Capa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Minha Casa Minha Vida em Santa Filomena – Beneficiários devem ir atrás, já que a Prefeitura não resolve

Eu gostaria de passar essa informação aos leitores: A Lei de Acesso à Informação – L…