Home Capa DENÚNCIA: Uso de agrotóxico em plantio de tomate ameaça Barragem da Turquia e qualidade de vida em Santa Filomena

DENÚNCIA: Uso de agrotóxico em plantio de tomate ameaça Barragem da Turquia e qualidade de vida em Santa Filomena

3 primeira leitura
4

Há alguns meses chegou a Santa Filomena uma empresa de plantação de tomates que fica localizada as margens da barragem da Turquia. A plantação está a todo vapor, mas segundo proprietários da terras das redondezas o uso de agrotóxicos está ameaçando a qualidade da água e principalmente a qualidade de vida de várias famílias dependentes desse recurso.

Os prejudicados já estão colhendo assinaturas em abaixo-assinado, no sentido de impedir essa prática junto ao Ministério Público e Poder Público local. Segundo informações são mais de 50 mil ‘pés’ de tomate, como se ver nas imagens aéreas capturadas por drone, onde são diariamente irrigados e cobertos com uma enorme quantidade de produtos químicos e tóxicos para preservação do fruto, prevenção de pragas e aumento da durabilidade do produto no mercado.

A produção deste produto altamente perecível e a busca de uma alta lucratividade, ou pelo menos o retorno do alto investimento financeiro, atribuído à cultura do tomate, ocasionou em uma criação de um ambiente de alto risco econômico e ambiental, evidenciando uma fragilidade que desencadeia o uso intensivo de agroquímicos na sua produção.

O uso exagerado de agrotóxico nessa plantação é considerado um dos principais riscos socioambientais para a cidade de Santa Filomena. A barragem da Turquia é uma importante fonte de abastecimento de água da região, onde a população, tanto rural quanto urbana utiliza água daquela localidade para manter a agricultura familiar, tomar banho, cozinhar, lavar roupa e adquirir alimentos, como peixe e hortaliças.

O uso indiscriminado desses produtos traz diversos problemas, como a questão da contaminação de solo e água. Considerando o fato, acredita-se que a excessiva utilização de agrotóxicos no município já tem prejudicado a região e sua população.

Além disso, a utilização intensiva e indiscriminada de agrotóxicos deve ser encarada não somente como uma questão relacionada à produção agrícola, mas sim como um problema social, de saúde pública e de preservação da natureza, e ainda, como um grave problema econômico. Tal fato se torna ainda mais dramático no município considerando o fato de que a agricultura familiar, base da renda de diversas famílias, será diretamente afetada e prejudicada.

Quanto à saúde, a população em geral, principalmente funcionários, consumidores e os dependentes do solo e da água contaminada correm grandes riscos, uma vez que o agrotóxico leva a intoxicação, a doenças respiratórias, alergias, problemas de pele, enxaqueca, o desenvolvimento do câncer e diversas outras doenças.

O ESPAÇO FICA A INTEIRA DISPOSIÇÃO DOS RESPONSÁVEIS PELA PLANTAÇÃO, PARA ESCLARECIMENTOS.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Capa

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Prefeito Cleomatson admite que Santa Filomena está com nome sujo, mas justifica ‘botando’ culpa na gestão anterior

O prefeito de Santa Filomena em seu programa quinzenal através da rádio VP FM deste doming…