Encontro Família Castro 2018

A Família Castro, integrada por centenas de filhos de várias gerações do Senhor Reginaldo Bitencourt de Castro, há 6 anos, realiza, o DIA CASTRO, onde todos juntos em um encontro familiar, alojam-se em ambiente recreativo para entreter e comemorar o exemplar valor que honra o nome de seu patriarca, motivados de afeto, através de demonstrações com mensagens, brincadeiras, sorrisos e belas homenagens. Veja a história a partir das informações do membro da Família, Vinícius Castro, que também foi o idealizador do encontro.

Reginaldo Bitencourt de Castro, era advogado, professor e músico. Foi ele inclusive quem criou o Hino de Nossa Senhora dos Remédios de Santa Filomena-PE

Reginaldo Bitencourt de Castro, era advogado, professor e músico(foi ele inclusive quem escreveu o Hino de Nossa Senhora dos Remédios de Santa Filomena).
Patriarca da família Castro,  Reginaldo Bitencourt de Castro, era advogado, professor e músico(foi ele inclusive quem escreveu o Hino de Nossa Senhora dos Remédios de Santa Filomena).

“Esse encontro nasceu de um sonho meu de reunir a família em momentos de alegria e celebração e não só em momentos solenes e tristes, quando somos convidados a nos fazer presentes até por solidariedade, além disso tive um grande inspirador que sempre fez questão de ser presente na vida da família, meu avô Seu Diquinho e percebi a possibilidade quando na oportunidade do meu casamento, consegui reunir um grande número de Castro’s, uma vez que eu e minha esposa, Etyeny Castro, somos primos (nossos avós são irmãos), quando olhei para todos os nossos convidados vi que só tinham mais familiares e com representantes de todos os Clãs. Daí comentei com um primo, Gesson Castro, desse meu sonho e quanto estava feliz por tê-los todos ali e ele me confessou esse também era um sonho dele. Então ajustados os detalhes e identificados os familiares/descendência de Reginaldo Bitencourt de Castro, em 16 de Novembro de 2013 o sonho se tornou possível e virou realidade e iniciava então o DIA CASTRO que se seguiu nos anos posteriores (15/11/2014, 14/11/2015, 12/11/2016, 11/11/2017) e este ano realizamos o nosso DIA CASTRO – Ano VI (17/11/2018) e enquanto for possível e saúde eu tiver, enquanto esse sonho que era só meu e hoje é uma realidade de todos os Castro’s e com certeza sonho de todos, continuarei a reunir a família para celebrar a vida, as vitórias, as lutas, o orgulho de pertencer. O DIA CASTRO teve início há seis anos atrás e não terá fim, se Deus quiser”, disse Vinícius…

Este ano o público foi de 232 pessoas(adultos e crianças) e todos os anos o público é em média de 200 pessoas, que vem de todas as partes deste Brasil.

Galeria

Este slideshow necessita de JavaScript.

A história da família teve início com o nosso tetra-avô Reginaldo Bitencourt de Castro e tetra-avó Quininha(Joaquina Rodrigues Coelho), que deram origem a toda a descendência dos Castro e se espalharam pelo Brasil e pelo mundo. Reginaldo Bitencourt de Castro, era advogado, professor e músico(foi ele inclusive quem escreveu o Hino de Nossa Senhora dos Remédios de Santa Filomena). Dentre os filhos deste casal temos alguns nomes conhecidos na região como Joaquim(Pai Quinca), responsável pela descendência dos Castro do Sitio Baixas, este era pai de José Coelho de Castro(Zezinho das Baixas) e avô de um filho ilustre de Santa Filomena, Raimundo de Castro Ferreira(Seu Diquinho) – 1o. Vereador e Sub-Prefeito de Santa Filomena, Juiz de paz, devoto de Nossa Senhora dos Remédios e incansável lutador do desenvolvimento de Santa Filomena. Henriqueta(Quetinha), mãe de Hermírio Rodrigues de Castro(Dodô do Barreiro dos Angicos), este responsável pela descendência dos Castro do Barreiro dos Angicos.

Em todos os DIAS CASTRO até aqui sempre tinham representantes dos CLÃS:

– SEU DIQUINHO (Santa Filomena);
– MARIA DE CASTRO (Betania-PI);
– PERPÉTUA (Monte Orebe);
– SEBASTO ou SEBASTIÃO (Monte Orebe);
– ZEFINHA (Pedra Branca);
– DANDÃO (Sitio BAIXAS);
– NELINHA (Paulistana-PI);
– DANDÔ (Dormentes);
– FELIPE (Petrolina/Fortaleza);
– JANJÃO (Petrolina);
– ISAÍAS (Petrolina/Recife);
– ANTONIO DE DODÔ (Santa Filomena/São Paulo);
– CÍCERO DE DODÔ (Santa Filomena);
– LUIZ e JOSÉ DE DODÔ (Santa Filomena/Petrolina);
– ANTONIO (Sitio Baixas/Monte Orebe);
– ZUZU e MARIA DA LUZ (Sitio Baixa da Errada);
– JURACY (Nova Olinda/Caboclo);
– NANÔ (Sitio Baixas/Dormentes);
– MERCES (Nova Olinda/Caboclo/Dormentes);
– EMILIA (Dormentes/Petrolina);
– NINIA (Aroeiras/Paulistana);
– JOSELITA, ALOISIA, ROSA, JOÃO AMANCIO, dentre tantos outros…

Em todas as edições, temos apresentações de famílias sorteadas, homenagens, memórias, danças, cantorias, brincadeiras, sorteios, brindes, a famosa FOTO OFICIAL, jantar, shows e muita animação

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Coletividade

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Chá para cólicas menstruais

1 colher de camomila 1 colher de gengibre 1 colher / chá hortelã Coar e adoçar com um pouc…