Home Diversas Educação Consciência Negra: escolas municipais de Petrolina comemoram mês com palestras e atividades culturais

Consciência Negra: escolas municipais de Petrolina comemoram mês com palestras e atividades culturais

2 primeira leitura
2

Novembro é o mês da Consciência Negra, por isso, as escolas da rede municipal de Petrolina iniciaram no último sábado (10) as celebrações alusivas à data. As unidades escolheram este momento para ampliar o debate e a reflexão de temas importantes, como: igualdade racial,  preconceito e a inserção social, além de conhecer mais sobre a história e a cultura africana.

De acordo com a secretária executiva de Ensino, Sônia Passos, a data deve ser comemorada em todas as escolas, através de mostras culturais, exposições, palestras, apresentações de capoeira e dança, entre outras atividades. Na Escola Rubens Amorim, no bairro São José, por exemplo, cerca de 200 alunos, do pré-escolar ao 5º ano do Ensino Fundamental, participaram do momento de socialização do projeto. Foram desenvolvidas atividades de promoção à cultura africana, valorização da negritude e respeito à diversidade, bem como apresentações de grupos de dança afro.

As atividades alusivas seguem em outras unidades da Rede. A escola Ariano Suassuna, no bairro Rio Corrente, vai iniciar, no próximo dia 19, a ‘Semana da Consciência Negra’ que também vai contar com palestras e atividades culturais de forma interdisciplinar. “Incentivamos o debate e o respeito à diversidade durante todos os anos, mas neste mês alusivo, orientamos as escolas a intensificar ao assunto, com foco na formação de cidadãos preocupados com a coletividade e sem preconceito”, pontuou Sonia Passos.

Data comemorativa

O Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, foi instituído oficialmente pela Lei Federal nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. A data faz referência à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares – situado na então Capitania de Pernambuco na segunda metade do século XVII – e símbolo da resistência à escravidão.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Secretária de Educação de Lagoa Grande esclarece recomendação do MPPE

NOTA DE ESCLARECIMENTO “A Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Lagoa Grande…