Home Colunista Sertão do Araripe: região onde políticos corruptos não são presos

Sertão do Araripe: região onde políticos corruptos não são presos

3 primeira leitura
2

ASSUNTO DA SEMANA


Após a prisão do prefeito de Cabo de Santo Agostinho-PE, Lula Cabral, por corrupção e lavagem de dinheiro contra o instituto previdenciário do município, surge a esperança nos pernambucanos, em especial da região do Araripe, que realmente existe INVESTIGAÇÃO E JUSTIÇA contra os poderosos e que quem sabe um dia as investidas do judiciário alcancem também os prefeitos, vereadores e demais membros de quadrilhas envolvidos em desvio de dinheiro público, através de licitações,  no superfaturamento em obras e serviços.

É do conhecimento de todos, o enriquecimento ilícito dos gestores municipais da região, que antes de serem prefeitos não possuíam bens, mas em apenas 2 (dois) anos, tornaram-se super milionários! Basta acessar o TCE-PE para constatar origem de gastos exorbitantes em ações desconhecidas. Mas falta a presença da Polícia Federal e da justiça, para acabar com os desmandos que subtraem o desenvolvimento desses municípios onde aparentemente não existe lei.

Nos últimos anos várias administrações foram denunciadas ao Tribunal de Contas, Ministério Público Estadual e Federal e Polícia Federal; vários inquéritos foram instaurados e até agora nada, cada nova gestão aumenta mais a corrupção e roubalheira.

É frustrante constatar as carências críticas de pequenos municípios sertanejos, que recebem anualmente entre R$ 40 a 100 milhões, mas não se localiza uma única obra de valor superior a R$ 100 mil em 2 (dois) anos de mandato, realizada com esses recursos.
Onde entra esse dinheiro?

Mais frustrante é saber que muitas irregularidades nas gestões municipais da região são fatos comprovados pela justiça, mas mesmo assim, diferente do que aconteceu em Cabo de Santo Agostinho, nenhum prefeito vai preso pela Polícia Federal, ou se quer punido pela justiça.
Porque:? 

Porém quando se trata de prefeito processar os ‘coitados’ blogueiros que denunciam a corrupção, a justiça ligeiramente sufoca esses profissionais, como forma de prefeito intimidá-los. Embora esses blogueiros sejam indiretamente parceiros da lei, pois ao invés de se render às migalhas de prefeitos/prefeituras, para contar ‘historinhas’ bonitas de gestões, eles preferem honrar a missão de defender a grande massa popular, acreditando no sonho do ‘fim da corrupção política no Brasil’.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Colunista

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Veja Também

Desperdício comprova “Compesa é sinônimo de descaso com a população de Santa Filomena”

Em mais um capítulo infinito seriado drama Compesa em Santa Filomena-PE, hoje (13) vamos m…