Últimas Notícias
Home Destaques Congresso analisará MP que cria Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário

Congresso analisará MP que cria Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário

2 primeira leitura
2

Governo pretende direcionar os recursos arrecadados com a concessão do trecho da Ferrovia Norte-Sul para investimentos que retroalimentem o setor

O Congresso Nacional começa a analisar, após o recesso, a Medida Provisória (MP) 845/18, que cria o Fundo Nacional de Desenvolvimento Ferroviário (FNDF). O fundo funcionará por cinco anos, contados a partir de 20 julho deste ano – data de publicação da MP – e terá como objetivo ampliar a capacidade logística do Sistema Ferroviário Nacional.

O FNDF será composto por recursos do Orçamento da União, por doações e por outras fontes, tais como o montante arrecadado com a outorga da subconcessão da Estrada de Ferro (EF) 151 – conhecida como Ferrovia Norte-Sul –, no trecho entre Porto Nacional, em Tocantins, e Estrela D’Oeste, em São Paulo, e o respectivo ágio. O edital da subconcessão está previsto para o final agosto.

A ideia, segundo o governo federal, é direcionar os recursos arrecadados com a concessão do trecho para investimentos que retroalimentem o setor, evitando que os recursos advindos da licitação se destinem ao Tesouro Nacional e sejam usados em outros setores.

De acordo com a MP, o fundo deverá ser utilizado prioritariamente na ligação do Complexo Portuário de Vila do Conde, no Pará, à Ferrovia Norte-Sul – a espinha dorsal do transporte ferroviário brasileiro. Pelo texto, os investimentos deverão ter início no município de Barbacena, no Pará.

Na justificativa enviada ao Congresso, o Palácio do Planalto argumenta que o fundo viabilizará novas alternativas para o escoamento da safra agrícola brasileira, por meio de portos de grande capacidade localizados no Norte do País.

Além disso, segundo o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, ao qual o FNDF está vinculado, os recursos serão usados para aumentar a participação do modal ferroviário na matriz de transportes nacional, contribuindo para custos mais baixos, menor emissão de poluentes e menos acidentes nas rodovias brasileiras.

Tramitação
A MP 845/18 será inicialmente analisada por uma comissão mista de deputados e senadores. Em seguida, o texto aprovado será discutido e votado nos plenários da Câmara dos Deputados e do Senado.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Destaques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Veja Também

Vereadora Corrinha diz “Empresários de Dormentes é que estão tapando buracos da PE-635”

Diante da situação de abandono que se encontras as rodovias do Estado, pelo governo de Pau…

Festival Prêmios

Canal Youtube

JS Transportes

WA

Elite Seguros

Frank dos Teclados

Editor

Adalberto Cavalcanti Prestação Contas

Supermercado Benício Mororó

Flávia Castro (87) 9 8839-3456

Ritinha Modas - Santa Filomena

Biografia presidenciáveis 2018

Load more
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com