Home Destaques Jovem assassinada a tiros matou rapaz por engano para se vingar da morte do namorado, diz polícia

Jovem assassinada a tiros matou rapaz por engano para se vingar da morte do namorado, diz polícia

4 primeira leitura
4

Dois jovens foram presos e três menores apreendidos pela Polícia Civil durante a investigação de três homicídios registrados em março, em São José do Rio Preto (SP).

De acordo com a polícia, que deu uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (7), as três mortes têm relação entre si. Uma delas foi a de Rafaela Bugati, morta a tiros após sair de uma visita ao namorado no CDP de Rio Preto.

Vingança motivou assassinato de jovem após sair de visita em cadeia de Rio Preto

Segundo as investigações, Rafaela namorava um detento do CDP e também outro rapaz fora do presídio. Um amigo do detento ficou sabendo da traição e matou a tiros Marcos Vinícius da Silva, de 18 anos. O crime aconteceu em uma festa em uma chácara na estância São Pedro, no dia 18 de março. Marcos foi morto com cinco tiros por um adolescente.

“O motivo é que ele estava namorando a Rafaela Bugati e, além disso, houve uma troca de ameaças entre a vítima e o adolescente. O adolescente, acompanhado de um rapaz maior de idade, entrou nessa chácara, e o matou”, afirma o delegado Alceu de Oliveira Lima Júnior.

Morte por engano
Ao saber da morte de Marcos, de acordo com a polícia, Rafaela foi atrás dos suspeitos. Um jovem acabou sendo morto por engano no bairro João Paulo 2º. Thiago Gabriel, de 19 anos, foi encontrado morto com um tiro na nuca e outro no ombro.

Depois desse crime, Rafaela, com ajuda de outras pessoas, também tentou matar o adolescente que teria assassinado Marcos, mas não conseguiu. Isso, segundo a polícia, aconteceu na véspera da morte dela. A tentativa de homicídio foi em uma padaria na Avenida Domingos Falavina.

“COM A MORTE DO MARCOS VINICIUS ELA SE REVOLTOU E TERIA TENTADO MATAR AS PESSOAS ENVOLVIDAS NO CRIME. ESSE FATO TERIA OCORRIDO NA VÉSPERA DA MORTE DELA”, AFIRMA O DELEGADO WANDER SOLGON.

Neste caso, um maior foi preso e dois menores foram apreendidos.

Quatro dias depois da morte de Thiago, Rafaela foi assassinada a tiros no bairro João Paulo 2°, na Avenida Danilo Galeazzi. Ela dirigia um carro quando uma motocicleta se aproximou e o garupa disparou contra ela.

Após um mês de investigações, a polícia apreendeu o menor suspeito de matar Marcos Vincícius da Silva, dois maiores e um adolescente por terem matado o Thiago (com a ajuda de Rafaela) e outro menor por ter matado a jovem. Os menores foram levados para a Fundação Casa e os maiores para presídios na região.

Motivação
De acordo com as investigações da Polícia Civil, o namorado de Rafaela que está preso no CDP não sabia do relacionamento e também da morte da jovem.

“ELE ENTROU EM DESESPERO, FICOU TRAUMATIZADO (QUANDO SOUBE DA MORTE). NADA NO MOMENTO INDICA QUE ELE TEVE PARTICIPAÇÃO”, AFIRMA O DELEGADO ALCEU.

De acordo com o delegado, o que motivou a morte de Marcos foi o fato de a vítima estar envolvida com Rafaela Bugati.

Delegados Alceu e Wander durante coletiva para falar sobre os casos (Foto: Renato Pavarino/G1)

Por Renato Pavarino, G1 Rio Preto e Araçatuba, com supervisão de Marcos Lavezo 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Destaques

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja Também

Caos no Legislativo de Santa Filomena-PE. Vereadores faltam sessões sem justificar

Em Santa Filomena-PE, cidade de 24 anos de emancipação, situada no Sertão do Araripe, os ú…