Home Poder Público Alepe Socorro Pimentel cobra medidas na assistência materno-infantil em Pernambuco

Socorro Pimentel cobra medidas na assistência materno-infantil em Pernambuco

1 primeira leitura
0

Nessa segunda-feira (18), durante a Reunião Plenária na Assembleia, a deputada Socorro Pimentel voltou a cobrar ações do Governo do Estado para aumentar o número de leitos de UTI’s neonatais e melhorar a situação das maternidades de Pernambuco

“Maternidades superlotadas são a realidade da atenção materno-infantil em Pernambuco, o que mostra a forma descompromissada como a questão é abordada pelo Governo”, declarou Pimentel. “Para os quase cem mil partos realizados anualmente, temos apenas 119 leitos de Unidade de Terapia Intensiva neonatal. Algumas dessas UTIs chegam a trabalhar com quatro vezes a sua capacidade”, apontou a parlamentar.

De acordo com a deputada, o número de vagas ofertadas pelo Estado é insuficiente até para partos de baixo risco. “A própria Central de Regulação de Leitos não consegue encaminhar satisfatoriamente as gestantes e os bebês devido à falta crônica de vagas nos hospitais e maternidades. Os poucos que conseguem atendimento ficam em leitos improvisados, sem ventilação e arejamento adequados, enquanto há gestantes que passam o trabalho de parto em cadeiras de plástico”, disse.

Ainda no Plenário, Socorro Pimentel propôs a realização de uma Audiência Pública na Casa Legislativa para debater o assunto com as autoridades competentes. “É necessário que medidas efetivas sejam tomadas de maneira ágil para que possamos evitar os absurdos cometidos contra gestantes, mães e bebês na rede estadual de saúde”, finalizou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Charles Araújo
Carregar mais por Alepe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Veja Também

Irmã de paciente em tratamento TFD pede melhoria na casa de apoio de Santa Filomena na Capital

Rosilene Alves, que é irmã de uma paciente moradora do distrito Socorro, que faz Tratament…